BIOMÓVEL

Biomovel

Biomóvel é o mais novo conceito em móveis. O único que segue em sua produção rigorosos princípios de sustentabilidade.

A criação deste conceito é resultado de uma pesquisa aprofundada a respeito de processos já utilizados por fabricantes de móveis em outros países e também em outros setores. Vemos o prefixo ´bio´ associado a vários produtos, como ´biojóias ´, bioartesanato e ´biodiesel´. Por que não difundi-lo associado ao móvel, juntamente com todo seu conceito de sustentabilidade, isto é, fazer com menos e com uma produção limpa?

O Biomóvel é um processo de projetar produtos e sistemas de produtos para minimizar os impactos ambientais em todas as fases do ciclo de vida. A estratégia do Biomóvel integra todos os níveis de desenvolvimento do produto, associando vantagens competitivas em termos de poupança dos materiais utilizados, redução dos resíduos de produção e também de marketing.

O conceito parte dos processos que acompanham o nascimento, a vida, a morte de um produto e seu renascimento, com a reciclagem ou reuso de suas partes. Tais processos são esquematizados nas seguintes fases:

1. Pré-produção, onde são produzidos os materiais e os semi-acabados utilizados na produção.

2. Produção, entendida como transformação dos materiais, montagem, acabamento.

3. Distribuição, que inclui a embalagem, o transporte e o armazenamento.

4. Utilização, que também pode incluir a manutenção.

5. Eliminação/destino final, que prevê uma série de opções de disposição final, como a reutilização e a reciclagem.

Nas fases de criação e produção do móvel, alguns aspectos fundamentais devem ser considerados:

• Projetar produtos multifuncionais.

• Evitar o superdimensionamento.

• Escolher processos produtivos que reduzem o consumo de materiais.

• Otimizar o consumo de energia na produção.

• Utilizar embalagens recicláveis.